Alerta Antifascista! Centro de Cultura Libertária da Amazônia é atacado

Alerta Antifascista! Centro de Cultura Libertária da Amazônia é atacado

Segundo a nota publicada pelo CCLA, “No último dia 14 de janeiro, no início da noite, um grupo de fascistas/neonazistas promoveu um atentado no término de uma atividade do Centro de Cultura Libertária da Amazônia (CCLA) no centro da cidade de Belém do Pará. Munidos de fogos de artifícios, em um carro preto com placas protegidas por papelão, jogaram bombas sobre nossa sede.”

“Em Belém, esse bloco fascista e ultraliberal se articula entorno de setores da milícia capitaneada por um ex-delegado e, hoje, deputado federal. Ávidos em tomar o poder local municipal e fazer o novo prefeito do município, intensificarão práticas como essas atacando primeiramente os anarquistas para depois ampliar atingindo outros setores políticos da sociedade. Fiquemos alertas. Alertas anti-fascistas.”

A nota completa pode ser lida aqui.

Esmagar o fascismo!

Nós da CAB prestamos solidariedade ao Centro de Cultura Libertária da Amazônia, reafirmando a necessidade da organização popular para combater o fascismo crescente no país.

Ao contrário do que alguns setores da esquerda pensam, o fascismo não acabou na ultima eleição. Temos, em todas as esferas da burocracia estatal, fascistas pagos com dinheiro público financiando eventos e empregando seus pares como assessores e demais cargos de confiança.

É necessário avançar na organização e autodefesa de nossos territórios, construirmos redes de segurança e solidariedade e nos mantermos firmes nas denúncias e no trabalho militante.

Viva o CCLA!

O Centro de Cultura Libertária da Amazônia está ativo desde 2023 e vem organizando eventos de formação política, cine-debates, atividades culturais e feijoadas veganas.

No CCLA está o acervo da Biblioteca Libertária Maxwell Ferreira, onde se encontram livros, revistas, zines, panfletos e cartazes que compõem a história do movimento libertário no Pará.

O espaço é autônomo e autogestionado, para mais informações sobre como apoiar o espaço, futuros eventos e funcionamento do local, siga no insta e acesse o site.




Coordenação Anarquista Brasileira (CAB)

Original -link-

as