Plenária Nacional da CAB na Bahia

Plenária Nacional da CAB na Bahia

Nos dias 9, 10 e 11 de Junho, ocorreu na cidade da Salvador a Plenária Nacional Extraordinária da Coordenação Anarquista Brasileira. A decisão de construir a plenária na Bahia passa pelo compromisso político da CAB com um Anarquismo que luta contra o racismo, a xenofobia e a centralização de espaços de debate políticos no eixo sul-sudeste – dessa forma, exercendo também o federalismo.

A plenária começou rememorando as lutas de 2013. As experiências da militância que esteve nas ruas 10 anos atrás, assim como a análise do que precedeu e sucedeu as Jornadas de Junho, deram forma ao Opinião Anarquista “Defender 2013 como experiência de luta popular”, que pode ser acessado aqui.

Além de avançar na estrutura da Coordenação e consolidar posições frente a conjuntura nacional, a PN estreitou os laços entre as organizações que compõem a CAB de norte a sul do país. A companheirada foi muito bem recebida pela Federação Anarquista Quilombo de Resistência (FAQUIR), que proporcionou um ambiente acolhedor para nossas análises e debates, além de compartilhar também um pouco de sua culinária riquíssima e saborosa, tornando esse encontro ainda mais especial e marcante para as delegações.

Além da FAQUIR, estiveram presentes FARPA (AL), Maria Iêda (PE), ORL (CE), CALC (PR), CABN (SC) e FAG (RS).

Ao final a PN, as delegações da CAB preparam o solo para o próximo congresso e firmaram mais uma vez o compromisso com o Especifismo no Brasil e em toda a América Latina, mantendo viva a chama da revolta popular abaixo e à esquerda, com autonomia e combatividade.

Viva a CAB!
Viva o Anarquismo Especifista!
Só a luta muda a vida!


Coordenação Anarquista Brasileira (CAB)

Original -link-

as